O lado não brilhante dos diamantes

É comum vermos diamantes sendo exibidos em anéis,brincos, colares e joias em geral. Mas, você sabe de onde eles vem?

diamantes

E como toda história tem dois lados, com essa não poderia ser diferente. O que acontece é que às vezes um lado é tão tenebroso que preferimos ignorar e seguir a vida.

Vocês já devem saber que a fonte dos diamantes se localiza na África, principalmente em Serra Leoa. Só que a descoberta dessas minas em Serra Leoa mergulhou o país em uma grande guerra civil, com grupos de rebeldes lutando para ter controle das minas de diamantes. A isso, também deve-se somar a grande corrupção que toma conta do país, o tráfico de drogas, de armas, de munição.

Esses grupos rebeldes são conhecidos por serem extremamente violentos, e uma de suas terríveis marcas é a mutilação de civis. Eles perguntam às vítimas se preferem “manga curta” ou “manga longa”, sendo que o primeiro significa decepar ‘apenas’ as mãos, e o segundo, perder o braço inteiro.

Fonte

Fonte

diamante de sangue 4

“Mas o que isso tem a ver com os diamantes?”, vocês devem estar perguntando.

Serra Leoa não possui motivos para estar em guerra civil, como muitos outros países da África, que possuem conflitos ideológicos ou grandes diferenças entre tribos. Mas como a disputa pelas minas de diamantes implica em uma disputa pelo poder, os rebeldes alegam que, com as mãos cortadas, o civil “não poderá mais participar da vida política do país, elegendo um governante”. O trecho entre aspas foi dito por um homem vítima de tal atrocidade, e pode ser conferido no documentário que eu falarei mais adiante.

diamante de sangue 3

Infelizmente, a violência não para por aí. Os rebeldes também fecham família inteiras – pai, mãe, crianças – dentro das próprias casas e ateam fogo. Também  cortam as mãos de crianças, forçam abortos, entre outras coisas terríveis.

Tirem um tempo para assistirem o documentário “Diamantes de Sangue”, do History Channel. Nele, vocês verão testemunhos de pessoas que passaram por isso, que sofreram todo o tipo de violência física e psicológica. Vão ver as mulheres falando sem o menor brilho no olhar, os homens que viram suas famílias morrerem e nada puderam fazer. Segue abaixo:

Há algumas propagandas muito boas sobre essa questão dos diamantes de sangue. Aqui estão:

diamantes de sangue propaganda

Tradução: “Qual o preço pelos seus diamantes?”. E na linha de baixo, diz para dizer NÃO ao comércio de armas e matérias-primas com países que violam os direitos humanos.

diamantes de sangue propagand 2a

Tradução: “Para cada mão pedida em casamento, uma outra mão é decepada”. E embaixo está escrito que para assegurar que os trabalhares escravizados não roubarão, uma das mãos é cortada, e que a beleza não vale a morte.

 

Vendo essas imagens, não vejo muito significado na expressão “ser humano”; talvez já tenhamos deixado de ser “humano” há muito tempo, e o significado do “ser” se aproxima cada vez do apenas “ter”.

“A violência faz até justiça injustamente.” – Carlyle

Anúncios