Não se preocupe tanto em sair tão bem em fotos

Einstein

Einstein

Chega de “mais uma”, “essa não ficou boa”, “vamos tirar outra”.

O legal das fotos é que elas captam a emoção do momento. Isto não ocorre, no entanto, quando você molda demais, força demais, encena demais.

Quando você olha suas fotos de infância, as mais significativas são, sem dúvida, as que mostram toda a espontaneidade infantil e que quase nos fazem voltar ao tempo e reviver aquele momento. Elas não são muito mais engraçadas do que aquelas que as escolas normalmente nos obrigam a tirar, sentados em uma mesa e com um sorriso mega travado? Qual das duas representa melhor o que você foi?

Mais sorrisos, mais espontaneidade, mais graça. Menos ângulos certos, menos sorrisos contidos, menos “vamos bater outra porque eu não saí bem”. Mais fotos engraçadas, mais sorrisos tortos, mais piores ângulos e mais diversão.

“O ridículo não existe; os que se atreveram enfrentá-lo conquistaram o mundo” – Mirabeau

Vocês sabem a história dessa foto do Einstein? Era o aniversário de 72 anos dele, e já no final um fotógrafo pediu para bater uma última foto dele. Cansado de sorrir, pois havia sorrido a noite inteira, Einstein virou e colocou a língua para fora, no momento em que a foto foi tirada. Ele próprio gostou tanto da foto que pediu algumas cópias e enviou a seus amigos cartões com a imagem! (Fonte)

Anúncios