Querer querer

Queria poder querer querer algo. Não apenas querer. Gostaria de escolher o que querer. Escolher quais desejos ter, e quais sonhos sonhar.

Assim, poderia escolher os passos, delinear o caminho e ser, portanto, quem eu quisesse querer ser.

sequoia

Sequoia*

Mas isto não é possível. Não somos quem queremos querer ser. Somos quem somos; queremos o que queremos.

Seria mais fácil se os desejos e os sonhos e os impulsos fossem como plantas dentro de um vaso – bastaria regá-los para que crescessem, e abandoná-los para que morressem. Mas, na vida, acontece exatamente o oposto quando os abandonamos: eles crescem. Eles crescem dentro de um espaço pequeno, e quando finalmente encontram as paredes e o teto deste espaço, eles se tornam mais fortes. Querem sair.

Quando querem sair, uma linha é cruzada. E essa linha, uma vez cruzada, abre um novo e verdadeiro caminho – o caminho que o leva a si mesmo, aos seus próprios desejos, a quem você é.

Um feixe de consciência e lucidez é entregue em suas mãos. Negar isto é negar a si mesmo. E negar a si mesmo é sufocar-se. É suicídio lento.

“É difícil de se explicar, mas a verdade é que foi assim. Vi-me de repente livre das redes infernais que me aprisionavam, vi diante de mim novamente o mundo claro e risonho, e deixei de sentir os acessos de terror e as palpitações que me afogavam”

(Demian, Hermann Hesse)

 

 

*Sequoias são árvores gigantes, que podem chegar a 115 metros de altura e 12 metros de diâmetro. A mais antiga delas tem 4650 anos.

Anúncios

Um comentário em “Querer querer

  1. Eu li este post no dia em que você o escreveu e adorei!
    Hoje, pensando em algumas coisas da vida, tive um insight sobre o que escreveu e gostaria de compartilhá-lo…

    Penso que somos impedidos de querermos querer ou ao menos de vermos este querer “forçado” crescer e florescer como uma planta.
    Isto porque nossos sonhos e desejos são espontâneos e caem como sementes à nossa volta, querendo germinar e crescer.
    E como sementes, vão se traduzir conforme o que somos enquanto árvore, ou seja, vão germinar rápido ou devagar dependendo da fertilidade do nosso solo; terão uma vida curta, mas com flores lindas ou longa com flores mais modestas e assim por diante.

    Por isto, melhor do que escolher as sementes, o mais assertivo é manter o solo fértil e uma copa frondosa para servir de abrigo às intempéries da vida. Só assim nossas sementes irão germinar e nos realizar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s