Você vive ou apenas existe?

Artista: Ludovic Laffineur

Artista: Ludovic Laffineur

Um amigo meu me disse: “Você poderia fazer um post sobre a frase: ‘Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe'”. Bom, aqui está o post, então! Você também pode sugerir temas entrando em contato conosco.

Oscar Wilde, indivíduo a quem foi atribuída tal frase, morreu em 1900. Se foi realmente ele quem disse a frase, uma pergunta passa pela minha cabeça: essa questão de viver versus existir não é um problema dos tempos modernos, ele vem de bem antes.  Será, então, que este dilema sempre perturbou o ser humano? Será que ele nunca soube viver de verdade?

Artista: Michał Giedrojć

Artista: Michał Giedrojć

Para cair no abismo do ‘apenas existir’, basta fazer algo que já soa como normal para grande parte de nós – basta entrar no piloto automático. Basta acordar, ir trabalhar, voltar do trabalho, dormir; basta esperar o fim de semana como se fosse a única salvação da sua lavoura; basta não agir ou reagir, apenas se deixar levar pela correnteza dos acontecimentos da vida.

E o que você tem feito para que isto não aconteça? Quais são seus objetivos de curto prazo? E de médio ou longo prazo? É fácil se perder em meio a necessidade de pagar contas e de se sustentar ou sustentar uma família, porém, é preciso estabelecer metas de crescimento pessoal. Evoluir é necessário.

Nós precisamos ser, hoje, melhores do que fomos ontem, e piores do que seremos amanhã. É preciso evoluir continuamente, é preciso desafiar a si mesmo e acreditar em uma vida completa, em uma vida repleta de realizações. É preciso acreditar que os votos que desejamos aos outros e que recebemos no ano novo e outras datas comemorativas sejam reais. É preciso abandonar frases como “no futuro será diferente” e “no momento não há nada a ser feito“.

A vida passa, e passa rápido. Não se esqueça que ao torcer para os dias passarem rápido, você acaba torcendo, inconscientemente, para que a sua vida corra. Como disse Niemeyer, “a vida é um sopro”. Não desperdice o que você não poderá recuperar.

“O homem comum não sabe o que fazer da vida e no entanto deseja outra que durará para sempre” – Anatole France

Anúncios

7 comentários em “Você vive ou apenas existe?

    • Vinicius, que engraçado você usar a expressão “soco no estômago”, porque nos últimos dias ela tem sido bem presente no meu vocabulário (e vida). Obrigada pelo elogio, e espero que tenha gostado de outros textos também! Beijos

  1. É a mais pura verdade, caro Autor do Blog. A maioria das pessoas incluindo eu apenas existimos. A algumas semanas atrás, venho refletindo o que é que estou fazendo nesta vida…
    Existir é atormentador, e para ter paz é preciso viver!

    • Patrícia, acredito que o mais aterrorizador seja exatamente este momento em que você se encontra: a transição da não-consciência para a consciência. ‘Viver’ nas sombras, na ignorância, na alienação… isso não é difícil. Para isto, basta existir. Mas, a partir do momento em que o raio de luz da consciência cruza o seu corpo, é impossível voltar atrás. Então, resta-nos apenas trilhar o mais difícil dos caminhos, mas o único que poderá nos libertar: aquele que nos leva a nós mesmos. Fique bem e uma ótima semana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s